Como é que o sucesso do processo de coaching pode ser medido?

Pode ser medido de duas formas distintas: através de indicadores externos de desempenho e de indicadores internos de sucesso. Idealmente ambos são incorporados.

  • Exemplos de indicadores externos incluem o atingimento de metas estabelecidas no início do processo de coaching, o aumento de rendimento/receita, a obtenção de uma promoção, o feedback de desempenho que é obtido a partir de uma amostra de elementos de avaliação do indivíduo (p. ex., relatórios, colegas, clientes, chefe, gerência), dados de desempenho pessoal e/ou empresarial (p. ex., produtividade, medidas de eficiência). As medidas externas seleccionadas deverão ser elementos que já estejam a ser medidos pelo indivíduo e sob as quais ele tenha alguma capacidade de influência direta.
  • Exemplos de indicadores internos incluem avaliações de auto-scoring ou auto-validação que podem ser geridos inicialmente e em intervalos regulares no processo de coaching, alterações na autoconsciência do indivíduo e na consciência dos outros, mudanças no pensamento que criam acções mais efectivas e mudanças no estado emocional que inspiram confiança.